Carne vermelha e a importância na infância

O que achou deste post?

Como estamos no mês de férias, vamos falar um pouco mas da importância da carne vermelha na infância e também dar dicas de refeições saudáveis e nutritivas que com certeza a criançada irá gostar.

Pelo fato de a carne vermelha ser super nutritiva, como já falado nos posts anteriores ela deve ser incluída na alimentação da criança, visto que elas são um dos grupos populacionais que mais necessitam de nutrientes para o crescimento e desenvolvimento físico e intelectual.

  • Fonte de proteína de boa qualidade: fundamental para o crescimento e desenvolvimento de órgãos e tecido. Além disso, os aminoácidos essências são importantes para a formação de hormônios, enzimas e neurotransmissores.
  • Ferro: além da função de combate a anemia, patologia muito comum em crianças e que acaba prejudicando o crescimento, desenvolvimento, aprendizado, concentração e maior susceptibilidade a infecções, já que o ferro auxilia no sistema imune e antioxidante.
  • Complexo B: conjunto de oito vitaminas extremante importantes ao nosso organismo. Atuam no combate a anemia, cansado e fadiga (principalmente a B12 só encontrada em alimentos de origem animal, sendo a carne um dos mais ricos), atuação na produção de energia, no metabolismo de carboidratos, proteína e gorduras, síntese de DNA, na memória, na saúde cardíaca, neurológica, formação do tubo neural nos fetos, entre diversas outras.
  • Zinco: fundamental, principalmente, no sistema imunológico, o qual deve estar 100% bom em crianças para a prevenção de doenças e também atua no sistema antioxidante.

Evite oferecer carnes mal passadas e carpaccio (crus) a crianças, pelo fato de o sistema inume ser um pouco mais imaturo e assim, serem mais susceptíveis a infecções/contaminações. 

Algumas crianças tem a dificuldade em aceitar a carne vermelha, pelo paladar ou pela textura. Assim, cozinhe e pique bem a carne. Incentivar e dar o exemplo é muito importante na aceitação. Ensine a criança a mastigar devagar e também fale da importância de tal alimento para a saúde dela.

Carne moída (com legumes, com purê, com macarrão), hambúrgueres e almôndegas caseiros feito com carne moída (industrializados não!), escondidinho, carne desfiada e carne fria em lanchinhos. Em sopas é legal adicionar músculo, carne moída. Guarde o caldo da carne, o qual também é muito nutritivo e pode ser congelado e usado em purês, risotos.

Boa semana a todos!

Texto por Letícia Donati

Nutricionista Clínica – USP/RP
CRN 3: 38854
Rua Bernardino de Campos, 1330, Vila Seixas
Ribeirao Preto-SP
Contato: (16)3636-3697   (16)99792-1300
The following two tabs change content below.
Portal de #informaçãobempassada

BDC

Portal de #informaçãobempassada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *