CARNE VERMELHA, SAÚDE E PATOLOGIAS

O que achou deste post?

Já foi falado aqui, várias vezes, sobre os inúmeros benefícios do consumo da carne vermelha para nossa saúde. Entretanto, algumas pessoas acreditam que na presença de algumas patologias como colesterol, doença cardíaca, doença renal e hepática a carne vermelha deve ser proibida, o que não é verdade!

 

COLESTEROL E DOENÇAS CARDÍACAS:

Pelo alto teor de  gordura, principalmente as saturadas, as quais elevam os níveis de colesterol total e LDL. Em tais pacientes, o consumo de gordura saturada deve ser menor que 7% do valor calórico total diário e em pessoas saudáveis menor que 10%. Além disso, o consumo de ácidos graxos saturadas também esta relacionado com desenvolvimento e progressão do diabetes tipo 2 e obesidade  (I Diretriz sobre o Consumo de Gorduras e Saúde Cardiovascular) 

DOENÇAS RENAIS:

Pelo fato de a carne ser rica em proteínas, e o rim ser responsável por evitar a perda de proteínas pela urina, quando esse órgão encontra-se com sua função debilitada (pacientes com insuficiência renal, por exemplo), pode haver uma perda grande de proteínas o que é prejudicial a saúde, por isso a ingestão deve ser mais regrada. 

Além disso, atenção ao preparo da carne, pois a adição de muito sal também prejudica tais pacientes 

DOENÇAS HEPÁTICAS:

Também relacionada ao fato de ser uma fonte proteica e o fígado ser o responsável pela metabolização dos aminoácidos pode acabar sendo sobrecarregado principalmente quando sua função já esta comprometida, pois a falta da metabolização completa de alguns aminoácidos pode acabar gerando metabólitos tóxicos ao organismo como a amônia. Outro ponto deve ser ao mineral ferro, que também em excesso pode ser prejudicial ao órgão .

 

Vale ressaltar que mesmo em tais patologias, a carne vermelha não deve ser proibida e excluída da alimentação habitual, visto que é um alimento muito nutritivo. Porém, é muito importante se tenha uma ingestão mais controlada tanto na frequência quanto na quantidade e sempre claro, preferindo por cortes mais magros sem gordura aparente. Outro ponto é que vários fatores influenciam o aparecimento e a progressão de doenças, e não somente os hábitos alimentares, mas também o cigarro, álcool, sedentarismo, etc.

Por outro lado, em algumas patologias a ingestão de carne vermelha deve ser incentivada como em casos de anemias, desnutrição, doenças neurológicas (exceto encefalopatia hepática), pacientes acamados pela perda de massa muscular, bariátricos, imunodepremidos.

Procure sempre um profissional nutricionista para te auxiliar.

 

Boa semana a todos!

 

Letícia Donati

Nutricionista Clínica – USP/RP
CRN 3: 38854
Rua Bernardino de Campos, 1330, Vila Seixas
Ribeirao Preto-SP
Contato: 3636-3697   99792-1300
The following two tabs change content below.
Portal de #informaçãobempassada

BDC

Portal de #informaçãobempassada

Um comentário em “CARNE VERMELHA, SAÚDE E PATOLOGIAS

  • setembro 8, 2017 em 11:42 am
    Permalink

    Excelente post. Colesterol e carne vermelha sempre terá conflitos, não tem como!

     
    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *