Cupim de Boi, a carne que divide opiniões

O que achou deste post?

Parte do Boi que divide opiniões, o CUPIM está situado logo atrás do pescoço de bovinos de raça zebuína ou seus cruzamentos (é a “corcova”), é um corte composto por fibras musculares entremeadas de gordura, ou seja, é uma das partes do animal com maior concentração de adiposidade. A gordura do cupim é marmorizada e muito intensa, não é superficial como na picanha, que pode ser retirada. É também conhecida pelo nome de giba ou mamilo.frisa-corte-boi-cupim

Quando se fala do Cupim, tem quem acredita que é uma região onde se reúnem toxinas. Mito ou Verdade? Segundo Roberto de Oliveira Roçao, veterinário e professor da Universidade Estadual Paulista Campus de Botucatu, não existe trabalho científico que comprove o que muitos pensam ser verdade. Para Roberto, “O cupim é a parte do bovino que virou folclore”. “Não tem nada de prejudicial na carne, exceto a quantidade de gordura. Por isso deve ser consumida com moderação.” O cupim, como toda carne do dianteiro do boi, não é composta apenas de gordura saturada. Este é um dos mitos da carne que deve cair por terra. 

 banner

Falando em preparo, como é caracterizado pela gordura entremeada da carne, o que proporciona sabor e maciez únicos ao seu corte, é uma carne que possui sabor característico e paladar agradável. O cupim é bastante apreciado pelos brasileiros. Considerado um dos cortes mais saborosos do boi, é muito usado para assados e churrascos, exigindo um longo tempo de cozimento. Outra forma de preparo é o cozimento em panela de pressão.

O cupim pode pesar até 4 kg, porém também é comercializado em porções que variam entre 1 kg e 2 kg.

Cupim assado macio igual ao de churrascaria que todo mundo adora:

  • 1 peça de cupim de aproximadamente 2 kg 
  • passar sal grosso por todos os lados
  • regar a peça com um pouco de azeite extra virgem
  • enrolar a carne no papel alumínio ( lado brilhante voltado para a carne)
  • 8 voltas de papel alumínio no cupim
  • colocar no forno pré aquecido por 15 min a 230 graus
  • deixar por 2 horas
  • virar o cupim e deixar por mais 1 hora e meia
  • total 3 horas e meia de forno, retirar o cupim desembalar e cortar para servir

cupim__carnes_churrasco_churrascaria_boi_brasil

The following two tabs change content below.

Melina Cais

Melina Cais - Co-Fundadora do Blog da Carne. Engenheira Agrônoma Doutora pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Professora universitária na área de Bioenergia, Biocombustíveis e Mecanização Agrícola e Associada do Núcleo de Estudos do Agronegócio da ESPM.

Melina Cais

Melina Cais - Co-Fundadora do Blog da Carne. Engenheira Agrônoma Doutora pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Professora universitária na área de Bioenergia, Biocombustíveis e Mecanização Agrícola e Associada do Núcleo de Estudos do Agronegócio da ESPM.

2 comentários em “Cupim de Boi, a carne que divide opiniões

  • junho 23, 2017 em 9:21 pm
    Permalink

    Há também quem diz que o cupim é uma carne de qualidade inferior por ser a parte do animal a receber todas as vacinas ao longo da vida.
    Quero saber se procede?

     
    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *