Homo carnivorus sp.

O que achou deste post?

Muito além dos irrefutáveis argumentos nutricionais que respaldam a saudabilidade do consumo de carne vermelha, surge um movimento que vem crescendo nos últimos anos em todo o mundo.Dispostos a novas experiências gastronômicas, a comer menos e melhor, sem pré-conceitos ou ideologias, a libertar-se de regras sociais e de etiqueta, este novo “padrão de comportamento”, que permeia as mais variadas classes sociais e estilos de vida, o carnivorismo.

O “orgulho carnívoro” surgiu associado a um movimento que dissocia a imagem idealizada do belo e saudável ou ainda dos argumentos intermináveis e juízos de valor e ética sobre tudo que comemos ou bebemos, em favor do “sim, eu como carne”.Multiplicam-se pelo país, eventos de ode ao Churrasco, tradição que marca o Brasil, porém em uma roupagem totalmente diferenciada e descontraída, sempre regada amuita cerveja e música. Churrascadas e tantos outros, de norte a sul do país, além de grupos como As Braseiras e os Assadores, os quais inspiram novos adeptos. Os apaixonados pelo churrasco e pela carne, com consumo consciente, respeitando os animais produzidos, multiplicam-se com incontáveis páginas de Instagram e Facebook, com milhares de seguidores no mundo virtual.

É, sem dúvida, notório o resgate que esta geração faz de uma cultura tão característica de nosso país, utilizando uma forma de expressão cultural desprovida de ideologia ao ponto que, nestes festivais, não faltam opções Veganas e Vegetarianas e pouco se vê qualquer apologia contraria a estas opções alimentares, totalmente antagônicas.

Muito além do estereótipo Hipster, comumente associado ao movimento, surge o Homocarnivorus sp. Desprovido de traços de vestuário, linguagem ou comportamento característico, apaixonado e com orgulho de comer a carne preparada no fogo, na brasa quente, que traz o sabor e a união de amigos e familiares.

Autores: Fábio Medeiros e Luiza Mendes

Foto de Capa: Romulo Morente na Churrascada SP (Rodrigo @bbqclick)

The following two tabs change content below.

Juh Chini

Mestre em Gestão Internacional na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e Economista na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ-USP). Consultora e empreendedora em negócios, marketing e mídias sociais. Fundadora do Blog da Carne, viajante, palmeirense e apaixonada por churrasco, família, amigos e uma mesa de bar. "A vida é a arte do encontro!"

Juh Chini

Mestre em Gestão Internacional na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e Economista na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ-USP). Consultora e empreendedora em negócios, marketing e mídias sociais. Fundadora do Blog da Carne, viajante, palmeirense e apaixonada por churrasco, família, amigos e uma mesa de bar. "A vida é a arte do encontro!"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *